6 tipos de vídeo documentário para sua empresa se inspirar - Recstory



Para atingir seus objetivos, alcançar o público-alvo e entregar bons conteúdos, diversas empresas mapeiam novos formatos ou maneiras inovadoras para adaptá-los. E um modelo audiovisual que se encaixa nesse cenário, é o documentário.

Apesar de ser comumente visto no mundo cinematográfico, os documentários também podem ser transformados em vídeos mais curtos, para fins empresariais que objetivam mostrar uma realidade.


No artigo dessa semana, vamos apresentar 6 tipos de vídeo documentário para sua empresa se inspirar.

6 tipos de vídeo documentário, segundo Bill Nichols


Bill Nichols, autor do livro Introdução ao Documentário, é um teórico americano do cinema que fundou o estudo sobre o documentário. Em seu projeto, Nichols identificou 6 tipos de documentários existentes: poético, expositivo, observativo, participativo, reflexivo e performático. A seguir, vamos explicar cada um dos estilos, a partir da percepção de Bill.


1) Documentário poético


O documentário considerado poético, é aquele em que a estética e a narrativa são mais robustas, mais trabalhadas e expressivas. Ele utiliza a realidade como matéria-prima, porém, a transforma de diferentes maneiras. Ou seja, todos os elementos incluídos na obra são pensados de acordo com a mensagem que deseja-se transmitir. Nessa produção, a locução, o tratamento de imagem, as narrativas e os enquadramentos são alinhados para compor e trabalhar junto ao vídeo.


2) Documentário expositivo


Esse estilo de documentário é o mais encontrado no mercado audiovisual. Isso, pois o documentário expositivo é baseado em acontecimentos, fatos e argumentos para o tema abordado na narrativa. O narrador, em grande parte, é ouvido mas não é visto; enquanto as imagens têm um papel secundário e complementar, como meio de comprovação das informações.


3) Documentário observativo


Você já assistiu a um programa sobre a vida animal? Pinguins, ursos, felinos... Todos estes, são documentários observativos. Isso, porque não há qualquer interferência e interação com o meio observado. Esse vídeo não tem pretensão de controlar os eventos registrados, mas sim mostrar a realidade.


4) Documentário participativo


O documentário participativo é o oposto do observativo. Esse, por sua vez, enfatiza a interação do cineasta com o tema/personagem. A narrativa envolve entrevistas, depoimentos que mostram o cineasta conversando com pessoas, sendo filmado ou até fazendo a locução da obra. De forma direta, se baseia no encontro entre quem filma e quem é filmado.


Obra audiovisual para a Amadeo Rossi, produzida pela Recstory


5) Documentário reflexivo


Esse modelo de documentário, nada mais é, do que uma obra que dispensa fatos e argumentos e expõe um conceito a ser pensado - embora ainda possa apresentar tais informações. Exemplo: conteúdos sobre vida fora da Terra ou alienígenas, isso, pois levanta um questionamento para o telespectador e intervém na realidade.


6) Documentário performático


Apesar de possuir traços semelhantes ao modelo poético, o documentário performático combina acontecimentos imaginários e da realidade. Isso faz com que o público seja conduzido de forma mais emocional e não inteiramente lógica. Por conta destas características, o modo performático é o modelo que mais se aproxima da ficção e por esse motivo, é um dos menos utilizados no mercado audiovisual.


Os documentários são formatos que exploram parte ou toda uma realidade, e isso faz desse modelo de vídeo, uma ferramenta poderosa de comunicação. Além do mais, os elementos de cada estilo de documentário podem ser unidos para construir o vídeo da sua empresa, adaptando sempre àquilo que deseja-se evidenciar.


A produtora de vídeo Recstory, de Novo Hamburgo/RS, produz vídeos para fazer a sua empresa crescer e ter um diferencial de comunicação com demandas desde a produção de vídeo, filmagens com drone e animação.


Veja nosso portfólio.

https://www.recstory.com.br

488 visualizações0 comentário